Arquivos para posts com tag: Stencil

O site especializado Street Art Utopia escolheu as 100 melhores fotos de arte urbana de todo o mundo ao longo de 2011. Dei uma selecionada, e aqui estão algumas destas imagens.

Não deixe de ver todas.

Anúncios

Poderia ser apenas mais um grafite legal, se não fosse uma crítica sobre a o que tem atormentado a área por algum tempo. Construído em 1947, a barragem de Ojai, na Califórnia,  para controle de inundações e armazenamento de água, ao passar dos anos a barragem se tornou um problema ambiental por segurar tanto lodo, tanta água, que privou areia de praias que hoje precisam disso para se restabelecer. Também foi considerado um enorme obstáculo para a truta, um peixe em extinção. Ninguém sabe quem é o autor da pintura, e nem como teria sido feita.

Follow the Colours

A nova campanha do Disque-Denúncia não está na TV nem em páginas de jornais e revistas. Dessa vez, ela estampa os muros da cidade do Rio de Janeiro através da arte do grafite e do stencil.

Criada pela Giovanni+Draftfcb, ela divulga o número do telefone do Disque-Denúncia e incentiva a ligação.

Comunicadores

Através de cortes intrincados, Schmitt, aka Thom Thom, transforma publicidade em arte. Usando estiletes e muita imaginação, ele reinventa completamente as peças expostas pelas ruas de Paris, fazendo com que anúncios normais virem peças com ar surreal.

Vi na Zupi

Kenny Random é um artista de rua da Itália, que cobre as paredes de silhuetas.

Zeutch

Dolk é um artista urbano norueguês, especializado em stêncil, que apareceu aqui no blog no post anterior e me chamou a atenção.

No início de sua carreira foi especulado que Dolk e Banksy eram a mesma pessoa, devido às suas obras terem uma certa semelhança, enquanto outros diziam que Dolk plagiava o inglês. Sendo ou não o mesmo artista, os dois fazem obras com humor ácido, e merecem estar entre os melhores artistas de rua do mundo.

Fundada em 2007 na Noruega, a Handmadeposters é um site que que busca apoiar o trabalho de jovens artistas de rua, comercializando seus cartazes e telas para pessoas do mundo todo.

Ali é possível encontrar o trabalho de expoentes da arte de rua como Dolk, Pøbel, Sixten, M-City e Nicholas Di Genova, todos produzidos manualmente em processos serigráficos, lançados em edições limitadas, assinadas e numeradas.

Zupi

%d blogueiros gostam disto: